Focus Controle Ambiental

Curiosidades sobre Pragas Urbanas

As baratas não precisam de muita comida. Uma dúzia delas podem passar uma semana vivendo da cola de apenas um selo postal. A água é mais importante para elas, sendo por isso mais freqüentemente encontradas em cozinhas ou banheiros.

A comum barata-alemã pode facilmente ter mais de 35.000 descendentes num ano. Isso é a média, e não o máximo, que poderá ultrapassar 100.000 baratinhas num ano.

Uma empresa de controle de pragas da Califórnia está usando o fato de os insetos não possuírem termoregulação para livrar as casas de baratas e de outras pragas. Uma casa infectada é envolta numa tenda de lona. Queimadores de gás propano e ventiladores são instalados dentro dela, para aumentar a temperatura ali a cerca de 66°C. “Depois de quatro horas nessa temperatura, toda parte do prédio já terá alcançado mais de 50°C, que é o bastante para matar baratas, formigas, moscas, carrapatos, traças, e até térmites”, afirma New Scientist.

“Os ratos podem cantar, e . . . seu canto para prospectivas parceiras é quase tão complexo quanto o dos pássaros”, relata a New Scientist. O canto dos ratos está numa freqüência ultrassônica, quer dizer, muito alta para o ouvido humano captar e, provavelmente, esse é o motivo de o canto não ter sido percebido antes. Isso coloca os ratos num grupo exclusivo: Outros mamíferos aos quais se atribui a capacidade de cantar são as baleias, os golfinhos, alguns morcegos e, naturalmente, os humanos.

Das 1.528 crianças asmáticas que foram estudadas em sete cidades, 37% tinham forte alergia a baratas. As que tinham alergia e ficaram expostas a muitas baratas no quarto apresentavam três vezes mais probabilidade de precisar de hospitalização em comparação com outras crianças asmáticas. O Dr. David Rosenstreich, chefe do estudo, incentivou o combate às baratas.

Decapitada, a barata ainda pode sobreviver por mais de um dia — o bastante para que uma fêmea deposite seus ovos num lugar seguro. A barata-americana pode viver até seis semanas sem nenhum alimento ou água.

Segundo a Organização de Pesquisa Científica e Industrial da Comunidade Britânica, da Austrália (CSIRO), nascem no mundo dez ratos para cada bebê humano. Isso significa um aumento diário de 360.000 bocas humanas para alimentar e de 3.600.000 roedores esfomeados.

Se não existissem moscas não haveria chocolate no mundo. Isto se dá pois o cacau é polinizado apenas por uma determinada espécie de mosca.

A comum barata-alemã pode facilmente ter mais de 35.000 descendentes num ano.

Saiba mais +